Visitantes

................................................................................................

.

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Parque de Diversões

Deitado em sua cama, o protagonista – um homem que se sente anestesiado pela realidade à sua volta – comenta à platéia as circunstâncias que o levaram àquele estado de absoluta letargia. Em meio a lembranças, consumo, ironias e abuso de drogas, ele enxerga nas circunstâncias apenas desculpas para refugiar-se em seu apartamento. Sua paz (se é que existe alguma) só é rompida pelo parque de diversões que fora montado bem em frente à sua janela e que insiste em, dia após dia, invadir seu quarto com ondas de intolerável alegria. Apesar do tema, o texto é contaminado pela ironia e pelo sarcasmo, numa mistura inusitada de monólogo dramático com Stand-Up Comedy.

Clique aqui para visitar o blog da peça Parque de Diversões

Parque de Diversões (2008)

Texto e Direção: Diones Camargo e Marcos Contreras

Atuação: Marcos Contreras

Trilha: Pablo Sotomayor
Iluminação: Carina Sehn
Cenário: idéia dos autores executado por Gabriela Silva
Vídeos: Daniel Laimer
Divulgação e Ilustrações: Gabriela Silva
Material Gráfico: Eder Gusatto

Produção: Marco Mafra e Gabriela Silva

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...